04 maio 2017

ALÉM DA AMIZADE - CLARA ALVES

Título: Além da Amizade
Autora: Clara Alves
ISBN: 13:9788592207304 | 10:8592207304
Ano: 2016 | Páginas: 288
Série: -
Editora: Independente

Nota: 3/5







Sinopse: Aquele poderia ser um dia como outro qualquer - mas, tão inusitado quanto uma frente fria no verão carioca, aquele sábado estava longe de ser banal. É por causa do seu rumo inesperado que Anna Schwartz se vê entrar em uma nova (e não tão boa) fase de sua vida adolescente. Dentre tantas mudanças, porém, seus novos sentimentos pelo melhor amigo podem estar no topo da lista de problemas. No meio do caos que sua vida se tornou, Anna descobre, da pior maneira possível, que as escolhas certas raramente são as mais fáceis de serem feitas.


Davi e Natan são irmãos, e Ana, a personagem principal, começa o livro como namorada de Davi. Mas, em um belo dia, Ana é surpreendida de forma negativa por Davi e, como sempre, vai chorar no ombro de seu melhor amigo de infância e irmão do seu, agora, ex namorado. Cliché? Bem, posso garantir que as coincidências com tantos romances já escritos para por aí.

Antes de mais nada quero deixar claro que o enredo do livro é baseado em dramas adolescentes. Melhor falando, os dramas em si não são adolescentes, entretanto os personagens sim, e vivenciar as desilusões amorosas e problemas pessoais pelos olhos de um vulcão hormonal deixou tudo mais intenso.

A escrita da Clara foi bem fluída, sem exagero no drama e sem apelação sexual. Em alguns momentos eu me irritei muito porque a mocinha sofre muitas decepções de pessoas próximas a ela. Porém a autora expôs tudo de forma transparente, facilitando ao leitor interpretar sentimentos dúbios. Me vi em muitas cenas protagonizadas por Ana e seus amigos. E, apesar de todo o sofrimento e do final memorável, me diverti muito com a leitura.
Ana e Davi são da mesma turma e namoram a bastante tempo, porém Davi passa por algo que todos nós, enquanto humanos, estamos sujeitos. Ele se interessa por outra pessoa e ao mesmo tempo tem muito medo de perder Ana. Não só por ela ser sua namorada, mas também amiga de anos. Nael (no caso, Natan) é completamente apaixonado pela namorada do irmão, sempre foi, e todos ao redor sabem, exceto ela, que parece não notar. Então, quando o mundo de Ana cai - porque sim, adolescentes são dramáticos - ele está lá para segurá-la em seus braços fortes. E essa foi só a primeira porrada que a vida deu na nossa mocinha.

O pai de Ana é um workaholic (viciado em trabalho) e usa a desculpa de que é para manter o padrão de vida da família e, em um estopim, a mãe de Ana e ele resolvem dar um tempo para ver como ficariam as coisas. Nesse meio tempo um garoto muito bonito chega a escola e Ana o enturma com o pessoal ao mesmo tempo que seu irmão se apaixonada pela sua melhor amiga. Amiga essa que vira uma víbora insegura e muda completamente seu comportamento se afastando de todos. Sim, uma verdadeira "confusão organizada", por assim dizer.

Com o desenrolar dos fatos é possível ver o amadurecimento de Ana e de alguns outros personagens também. Natan/Nael e nossa mocinha estão apaixonados, mas quando tudo parece que vai andar para a frente, eis que o destino conspira e os afasta novamente. Ana acha que está tomando um atitude altruísta, só que no final, somos seres humanos. Não é errado ser egoísta em alguns momentos. E isso fica bem claro na narrativa. Afinal, se Ana tivesse exposto seus sentimentos, tivesse colocado eles acima de qualquer coisa, muitos maus entendidos não teriam acontecido.

Me surpreendi muito com o final. Já estava desanimando quando vi que vinha outra porrada - e dessa vez seria uma bela surra, de acordo com a analogia - para a mocinha. E é aí que realmente percebemos o quanto ela amadureceu. Apesar dos pesares, Ana viveu sua adolescência de forma bem intensa.

Ela e Nael são jovens, ainda tem tanto o que viver na vida. Mas o amor não tem hora para chegar, certo? Ele chega como uma fagulha que, sem você perceber, causa um verdadeiro incêndio. E o fato de serem jovens, somado ao peso das responsabilidades que começam a aparecer e a realidade da vida que começa a se impor sobre eles, vai fazer com que eles: ou se separem para sempre, ou se unam ainda mais.

E foi esse final que me deixou estarrecida, mesmo que a autora tenha me feito esperar até os últimos parágrafos pelo tão esperado "happy end". Foi angustiante do começo ao fim. Não consigo descrever esse livro de outra forma.

A escrita da Clara é ótima. Esse livro possuí versão física (e preciso encomendar o meu, por sinal) e ebook na Amazon. A diagramação está ótima e a capa é linda!

Quando comecei a ler pensei que esse livro seria outra decepção, como Namorado de Aluguel foi pra mim. Porém conforme ia virando as páginas, eu ficava mais ansiosa, mais angustiada e louca para explodir! Por fim, quando terminei, bateu aquela depressão sabe? Queria mais da história de Nael e Nina.




3 comentários:

  1. Oi! Nossa, parece que a protagonista vai viver grandes experiências que vai amadurecer o seu caráter. Estou curiosa para saber o desfecho e se ela termina com Natan.
    E que pena ter se decepcionado com namorado de aluguel, estou tão ansiosa para ler. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi, parece ser bem gostosa essa história, gosto muito dessas histórias leves, onde os protagonistas são adolescentes...Dica anotada! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu já vi esse livro em alguns blogs e achei encantador. Gosto dessas histórias juvenis. E adorei ela ser autora independente!

    Beijos

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo