09 agosto 2016

PAIXÃO SEM LIMITES - ABBI GLINES

Informações Técnicas:
Título: Paixão Sem Limites
Original: Fallen Too Far
Série: Rosemary Beach - #01 / Sem Limites - #01
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 192




G476p
            Glines, Abbi.
            Paixão sem limites / Abbi Glines [tradução de Fernanda
Abreu]; São Paulo: Arqueiro, 2013.
            192 p.; 16 x 23 cm.
            Tradução de: Fallen too far
            ISBN 978-85-8041-220-8

"Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara.
Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça.
Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte, Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa.
Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas."

Resenha:

Rush Finlay é o típico mocinho dos romances atuais: popular, rico, lindo, forte e bom de cama. Mas Rush tem um segredo que, definitivamente, o diferencia de qualquer outro personagens dos romances que já li. E esse segredo pode destruir algo que ele não planejou construir e que, também, foi a melhor coisa que já aconteceu na vida dele.

Blaire Wynn é uma menina batalhadora, linda e tem um brilho em si que atrai qualquer olhar. Porém ela traz consigo uma história bem pesada, e vê que sua vida não passa de uma mentira... ou uma verdade muito mal explicada. Blaire, aos 16 anos flagrou seu namorado da época - Cain - com outra, e ao contrário das adolescentes normais, nunca pode aproveitar festas e namoricos. Ela cuidou da mãe desde que descobriram o câncer até o final. E nossa mocinha ainda passa por muitas provações até o final da série Rosemary Beach.

Vocês me compreenderão melhor ao longo da resenha. Eu prometo. E se ainda assim você se sentir enrolado, leia o livro.

Blaire e Rush não teriam porque se conhecer. Ela, a mocinha pobre e virgem do Alabama. Ele, o filho de um rockstar, super rico, lindo e frequentador dos mais altos ciclos de personalidades. Porém a vida é realmente engraçada e o destino é um ótimo roteirista.
Rush é filho de Geórgia, ele e Nan foram criados pela mãe. Nan sempre achou que não tinha pai, até que começou a questionar. Infelizmente Nan se tornou uma criatura lastimável. Baixa, orgulhosa, prepotente, arrogante e mimada. Completamente diferente do irmão, que pode ser arrogante, porém demonstra ter um bom coração. Mas a culpa de Nan ser uma cadela não é só de Rush. Acho que quando temos uma pessoa que amamos, seja qual for o grau de parentesco, sempre queremos fazer algo para agradar. Mas quando essa pessoa tem uma "deficiência" - no caso de Nan, não ter um pai - acabamos transformando a piedade em culpa e nos tornamos super protetores, "estragando" a personalidade da dita pessoa sofrida. Ao meu ver foi isso o que aconteceu com Nannete. Rush e Geórgia a mimaram e a transformaram em um monstro. Ok, a Mamãe também não é flor que se cheire. Mas isso fica pra depois.


Geórgia é a atual esposa de Abe, pai de Blaire. E é assim que a vida dos nossos protagonistas se encontram.

A mãe de Blaire teve câncer e faleceu, deixando a filha afundada em dívidas com o hospital e o tratamento. Blaire vendeu a única coisa que tinha em seu nome: sua casa, e foi atrás do pai em busca de ajuda pelo menos até conseguir um emprego e dinheiro para o aluguel.

Isso foi o que, definitivamente, eu mais gostei da personagem principal. Ela não é sofrida. E mesmo cheia de dor e sofrimentos ela pega isso e usa de combustível para melhorar, para alavancar a vida. E não fica chorando remoendo como outras mocinhas por aí. Blaire literalmente pega um limão e faz uma limonada!

A história é muito envolvente. Blaire arruma um emprego e conhece os personagens secundários. Alguns bem importantes como Jace, Bethy, Grant e Woods. Todos eles tem cenas importantes, seja aconselhando nossa mocinha ou defendendo-a em algum momento da série (não necessariamente no primeiro livro).

E, cara, estou em pé aplaudindo a Abbi, porque eu nunca - e digo NUNCA mesmo! - teria esperado o desfecho que essa história teve.

Ok, eu não esperava um felizes para sempre fácil logo no primeiro livro. Entretanto o mistério que envolve Rush e Nan somado ao fato do pai de Blaire e a mãe de Rush não estarem presentes boa parte da história me deixaram muito curiosa. Ficava pensando em mil coisas, todas! Exceto o que era. E cara, tenho certeza que o tal segredo ainda não foi completamente descoberto. Pra mim ainda tem coisa aí no roteiro!


O livro é bom. As cenas mais quentes não são chatas. E algo que amei muito é o fato de não ter sexo a cada dez páginas. E digo isso porque a maioria dos romances estão chatos de tanto sexo. Sim, é o estilo do new adult sensual, mas a excitação do quase, pra mim, deixa o livro bem mais interessante.

Amei a narrativa. Gostei muito da visão de Blaire da vida e a forma como ela encara e enfrente a tudo e todos, sem medo e com determinação. Os diálogos são bem construídos e o enredo ganhou muitos pontos comigo. Os personagens são bem construídos. A autora escreve super bem! Eu me senti envolvida na trama a todo momento. O livro não teve altos e baixos, foi estável. Claro que a cena que a Blaire descobre o segredo foi bem impactante, porém sem maiores emoções.

Gostei muito da interação dos personagens também, e quero tentar ler os livros na ordem cronológica certinha. Vamos ver se a curiosidade acalma para que eu possa ler também a história do Woods antes de terminar a série Sem Limites.

Alguém ai já leu? Eu realmente aprecio ter spoilers, não me importo, ok? ;)

Rosemary Beach tem 9 livros lançados atualmente no Brasil, E a autora acabou de lançar o livro número 9 lá fora, o livro da nossa querida cadela Nannete. Talvez eu não leia.. não sei ser imparcial, risos. A "sub-série" - vamos chamar assim - Sem Limites é composta por 4 livros, mesmo sendo uma trilogia. O primeiro livro, Paixão Sem Limites é a na visão de Blaire, os outros dois livros intercalam capítulos na versão de Blaire e Rush, e o último livro é nada mais que o primeiro livro sendo narrado pelo Rush. Ou seja, é legal ler o "Rush, Sem Limites" após ler "Paixão Sem Limites". Eu sei que ficou meio confuso. Qualquer dúvida é só perguntar!

Até a próxima!
Jéssica Miguel

16 comentários:

  1. Olá, Jess

    Eu já li a trilogia Sem Limites e tenho que dizer que é cheia de autos e baixos. Uma hora você está amando o Rush, na próxima tudo o que mais quer é matá-lo hahaha. Mas num todo eu gostei bastante da trilogia.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Em momentos eu o achava o cara perfeito, no outro eu só faltava rasgar a folha do livro. Mas achei bem bacana essa coisa dele não ser perfeito, sabe? Pena que deu raiva toda hora ele correr atrás da irmã, rs

      Obrigada pelo comentários <3

      Excluir
  2. A cronologia é bem confusa. Outro dia estava na livraria e o livreiro estava tentando explicar, mas nem ele entendia muito bem hahaha. Fico feliz em ver um livro do gênero sem sexo a cada cinco páginas e uma personagem sem "coitadismos". Adorei sua resenha, beijos!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Acredite, eu também fiquei feliz! rs

      Pois é, a cronologia é bem bizarra e confusa. Eu tirei print de um cronograma que a Arqueiro colocou no perfil deles e vou tentar seguir. É meio estranho esses livros que acabam por dar spoiler dos seguintes né. kkk

      Beijos, volte sempre! <3

      Excluir
  3. Jura que tu não te importa com spoilers? Primeira pessoa que vejo falar isso kkkk Olha, não conheço a história se não eu te contaria tudooo, adoro dar spoilers (mas odeio receber) kkkk Ainda não li essa trilogia, mas já muitas resenhas e vi que várias pessoas gostam desses livros. Ótima resenha, gostei muito. Mas acho que não leria esses livros agora.
    Beijos.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre dou aquela conferida no final dos livros pra ver se o casal fica junto, por exemplo, rs. Não me importo de saber coisas importantes, porque o meio ninguém conta né? Só contam o final, kkkkk. Ai facilita pra mim. Mas não ligo pra spoilers, rs

      Sempre que quiser pode me dar spoiler ok?

      Beijos! Volte sempre! <3

      Excluir
  4. Eu também não ligo para spoilers e acho até que a história fica melhor e fico muito mais interessada em ler rsrs. Já ouvi muito sobre esse livro ,mas ainda não consegui ler, porém eu quero muito e talvez seja a minha próxima leitura :)
    Beijos, meumundomeusbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, sua linda! Quando ler volta aqui e me conta o que achou, viu?

      Spoilers às vezes salvam minhas unhas de serem roídas HAHAAHAHAHAHA

      Beijos, volte sempre! <3

      Excluir
  5. Amei a história, parece ser muito boa mesmo!Também gostei muito da sua resenha, tudo bem explicado, sem spoilers, e tc. Virei mais vezes aqui!

    Amei o blog, espero sua visita no meu cantinho! Sucesso, abraços! <3
    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! <3
      Volte sempre sim! Te aguardo!

      Beijos!

      Excluir
  6. Eu comecei a ler esse livro e por algum motivo abandonei :( mas agora deu vontade de voltar a ler hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dona Bia! Trate de voltar a ler e me conta o que achou depois! HAHAHAHAHA

      Excluir
  7. Eu adorei esse livro quando li. Acompanho a série desde o inicio, que quando comece só tinha esse é o 2 publicados em inglês ainda. Mas a série me cansou. Livros demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho, muito livro! Queria muito ler em ordem, e talvez por isso acabe cansando até mais rápido. Mas quem lê as séries de forma separada e com intervalos nem deve ficar tão pesado né? rs

      Tu chegou a resenhar eles? Vou procurar lá no youtube!
      Beijos!

      Excluir
  8. New Adult é o gênero que eu menos leio justamente pq tem sexo a cada 5min e eu fico pensando: "que saco! Cadê a historia???" hehehe. Então fico feliz q essa série nao seja assim. A sequência da leitura eh um pouco (muito) confusa. Ainda to tentando processar! Rs. Amo mistérios, então gostei dessa parte no enredo.
    Um beijo

    www.umadoseparaomeudia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! Eu gosto de livros que - mesmo tendo cenas de sexo - tenham uma história, seja mistério ou drama. Só sexo perde a graça!

      Essa série é muito longa e confusa mesmo! kkkk

      Beijos, volte sempre! <3

      Excluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo